Não fiques para trás

João Almeida concedeu entrevista ao programa Edição da Manhã, da Sic Notícias.

Não fiques para trás

Última chamada aos estudantes que desejam entrar ainda este ano numa universidade do Reino Unido no âmbito da campanha Não fiques para trás.

Para beneficiar desta campanha, o estudante deve dirigir-se hoje ao escritório mais próximo, fazendo-se acompanhar do Cartão de Cidadão e do Certificado de Habilitações. Nas instalações da OK Estudante terá a oportunidade de se reunir com um Student Adviser, para orientação na escolha do curso e universidade a que se vai candidatar e, em seguida, de fazer o exame de inglês. Na mesma hora, o aluno recebe a carta de confirmação de ingresso na universidade.

João Almeida concedeu entrevista ao programa Edição da Manhã, da Sic Notícias.

Entrevista do João Almeida, Student Adviser da OK Estudante ao programa Edição da Manhã, da Sic Notícias.

As condições especiais desta iniciativa devem-se ao reconhecimento que a OK Estudante tem junto das instituições de ensino do Reino Unido. Atualmente, a consultora tem a parceria com mais de 45 universidades britânicas, sendo que para esta campanha conta com a colaboração das universidades de Coventry University, Middlesex University, University of Sunderland e Bucks New University, que estão disponíveis para receber qualquer estudante português que pretenda ingressar no ensino superior.

“Até mesmo um aluno que não tenha terminado o 12º ano tem a possibilidade de ingressar já em setembro numa universidade do Reino Unido. Este pode fazer o Foundation Year, mais conhecido como o Ano Zero, que lhe permitirá ter já uma percepção real da vida académica do Reino Unido e melhor preparar-se para, no ano seguinte, entrar no curso e na universidade dos seus sonhos. Esta é uma oportunidade única para aquele estudante, que por razões várias, como ter deixado uma disciplina por completar ou por não ter média, não está apto a entrar já num curso em Portugal. Ao invés de perder um ano inteiro, nós estamos a dar-lhe a oportunidade de agarrar já o seu sonho e transformar a sua vida”, afirma o gabinete de comunicação da empresa.

“Foi a melhor coisa que eu poderia ter feito. Espetacular! Adaptei-me otimamente. Os meus colegas de residência eram espetaculares, nos orientamos bem. Arranjei trabalho quase desde o início em restauração num hotel. Super flexível em termos de horários o que me deu imenso jeito e assim ajudei com os custos financeiros da minha estadia e também conheci outros estudantes universitários que trabalhavam na equipa de restauração”, afirma Inês Fernandes.

 

Share this post